Bill: “Eu sei que vamos tocar lá um dia”

 

Nestes dias, se confirmou a visita do Tokio Hotel ao Japão. A visita não é nada mais que um evento promocional em que o grupo e a Universal assumem os custos na expectativa de fazer soar a campainha no país sonhado por quase todas as bandas do planeta.
A história diz que houve bandas de rock que surgiram no final dos anos 80 e principio do anos 90, que após lançar dois álbuns e fazer uma turnê no Japão, se aposentaram para viver de rendas. Os tempos mudaram, mas continua a ser um dos países mais consumistas cuja taxa de pirataria é quase inexistente.
Esperamos que a passagem do grupo deixe boas sensações e que alguém as transforme em um par de datas no lendário Tokyo Dome, local onde Bill Kaulitz, sonha se apresentar em muitas ocasiões. Vários anos atrás, nossa colaboradora Bettina perguntou: “O que você daria para tocar no Tokyo Dome?” O que Bill, um adolescente respondeu: “Eu sei que vou tocar lá um dia. Eu não sei quando, mas certamente vamos tocar e nesse dia serei feliz “.
Após o desastre com a Humanoid City Tour do inverno passado, medidas estão sendo tomadas de forma lenta e de uma forma muito estudada e com muita lógica. A tentativa de conquistar novos países nunca visitados antes do final do ano e a surpresa alardeada da Reebok podem colocar um broche mais que decente a este 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s